Conhecendo PERUS

Perus: distrito localizado na zona noroeste da cidade de São Paulo.


Faz parte do antigo caminho para a região de Campinas e Jundiaí e é servido pela linha 7 da CPTM (antiga São Paulo Railway), pela rodovia dos Bandeirantes, pela rodovia Anhanguera, pela Estrada Velha de Campinas atual Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, e pelo Rodoanel Mário Covas.
Faz divisa com os municípios de: Caieiras, Cajamar, Osasco, e recentemente com a ligação do rodoanel, pelo trecho Oeste, a rodovia ativou uma divisa com o município de Barueri, divisa essa que era existente, porém sem viário. Possui o maior parque municipal de São Paulo, o Parque Anhanguera.
De acordo com o senso 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em Perus há 3.355 habitantes por km².
A região onde está situado hoje o bairro de Perus era conhecida no século XIX como Fazenda Ajuá - uma das maiores próxima à capital. Em 1867, a São Paulo Railway inaugurou a Estação Perus, que desde o início ficou conhecida com este nome. Como sempre, duas histórias correm a respeito do nome Perus. Uma diz que vem da expressão tupi-guarani pi-ru e significa "pôr-se apertado", numa referência à topologia montanhosa da região.
Também aceita pela população é a história de Nhá Maria, que morava na área e criava perus. Como aconteceu em outros bairros já descritos, as pessoas, quando queriam referir-se ao local, diziam: "Vamos perto da casa da Maria dos perus".
O fato é que ficou Perus e a estrada de ferro tratou de firmá-lo como nome oficial. A ferrovia foi a responsável pelo desenvolvimento e progresso do bairro. Em 1914, foi inaugurada a Estação de Ferro Perus Pirapora, que funcionou até 1983.
Em 1938, nasceu o primeiro grupo escolar e, em 1940, foi edificada a primeira paróquia católica, a de Santa Rosa de Lima. Apesar de todo esse crescimento, a população lutou muito para que a energia elétrica fosse instalada, o que aconteceu somente em 1950.
Mas o grande fator do crescimento da região foi a instalação, em 1926, da Companhia de Cimento Portland. Aí o bairro experimentou um espantoso crescimento e uma grande migração
Apesar da nona posição no ranking de homicídios dolosos (41 casos), em São Paulo durante o ano passado, o bairro de Perus,, é o mais bem avaliado em qualidade de vida na capital. Moradores de todas as regiões da cidade foram estimulados a conceder notas de 1 a 10 ao critério: a média de Perus foi 5,6.
Os dados são da pesquisa Indicadora de Referências de Bem-Estar no Município (Irbem), realizada pela Rede Nossa São Paulo em parceria com o Ibope, que ouviu 1.512 paulistanos em novembro e dezembro (abaixo, as cinco áreas com maior índice de satisfação).
Perus: 5,6
Pinheiros: 5,1
Freguesia/Brasilândia: 5,1
Pirituba/Jaraguá: 5,0
Casa Verde: 5,0

Perus, localiza-se próximo ao Rodoanel , local em franco crescimento,, ótimo para investimento!!!

Entre em contato com Moyano Imóveis, estamos à Rua Águas Claras do Sul, 384

fábrica de cimento Perus

Perus